Google removerá "Seguro" de sua barra

Google removerá "Seguro" e manterá o "não-seguro" para sites sem o SSL.

Google removerá "Seguro" de sua barra

Em uma atualização para suas diretivas de segurança de SSL e avisos nas barras do Chrome, o Google postou esta semana que removerá o indicador "Seguro" de sua barra de endereços em setembro (2018), com o lançamento do Chrome 69. 

Este é um movimento que vem avançando a diretiva de inserir o alerta de "não seguro" para sites sem SSL.

Agora, a modificação é que o aviso de "não seguro" permanecerá, mas o aviso de "seguro" será removido.

Segundo o blog, "O uso de HTTPS na Web decolou à medida que desenvolvemos indicadores de segurança do Chrome. Ainda este ano, daremos mais alguns passos nesse caminho. Os usuários devem esperar que a Web seja segura por padrão, e eles serão avisados ​​quando houver um problema. Como em breve começaremos a marcar todas as páginas HTTP como "não seguras", removeremos os indicadores de segurança positivos do Google Chrome para que o estado não marcado padrão seja seguro. O Chrome será implementado ao longo do tempo, começando por remover o esquema de palavras-chave e HTTPS "Seguro" em setembro de 2018 (Chrome 69)."

O indicador "Seguro" na interface do usuário do Google, embora tenha sido bem-intencionado, proposto como uma maneira de incentivar a mudança para HTTPS, ele tornou os sites de phishing mais eficazes adicionando um rótulo "seguro" na barra de endereços, apesar da natureza nefasta do site!  Com isso, o phishing nunca foi tão desenfreado. 

A nova medida tornará os sites com SSL e seguros, um tipo padrão por natureza, sem classificá-los categoricamente desta forma.

Leia mais abaixo:


Clique aqui para ver mais