Incêndio na OVH de Estrasburgo, França

3,6 milhões de sites em 464.000 domínios distintos foram colocados off-line com a destruição.

Incêndio na OVH de Estrasburgo, França



A maior empresa de serviços em nuvem da Europa e a terceira maior do mundo, a francesa OVH, com serviços de hospedagem de servidores espalhados em dezenas de países, sofreu um grande incêndio em um de seus data centers na noite do dia 9 de março, localizado em Estrasburgo.

Uma das salas de racks, SBG2 foi completamente destruída junto com parte de uma segunda instalação, a SBG1. 

3,6 milhões de sites em 464.000 domínios distintos foram colocados off-line com a destruição. 

Isso afetou bancos online, sites de notícias, serviços de webmail, lojas online que supostamente vendem equipamentos de proteção individual (EPI) para proteção contra o coronavírus, museus virtuais e alguns sites do governo de alguns países. 

A OVH foi fundada em novembro de 1999 por Octave Klaba.  Em  outubro de 2016 arrecadou US$ 250 milhões para aumentar a sua expansão internacional, sendo avaliada em mais de US$ 1 bilhão. No ano fiscal de 2016, a OVH teve receitas de € 320 milhões.

A SBG2 foi construído em 2016 com uma capacidade de 30 mil servidores físicos. Com o incêndio, foi declarado perda total.  Os relatórios iniciais indicam danos ao SBG1 e serviços em todos os quatro locais de Estrasburgo sofrendo interrupções.  O SBG4 permaneceu intacto, e o SBG3 intacto, mas sem energia, embora os servidores nos últimos sites tenham ficado offline temporariamente.

O incidente mobilizou 115 bombeiros e 44 veículos do Sdis 67 (Serviço Departamental de Bombeiros e Resgate de Bas-Rhin). O incêndio foi contido pouco antes das 6h (horário local) e exigiu seis horas de intervenção.

Octave Klaba, acessou o Twitter para confirmar que todos os seus funcionários estavam bem.

A OVH criou um site específico para atualizar as informações.  Veja no link abaixo:


Clique aqui para ver mais