Lançado WPA-3!

WPA-3 traz melhorias no protocolo e facilidade para IoT.

Lançado WPA-3!

Lançado o WPA-3!

O Wi-Fi Alliance acaba de lançar formalmente o Wi-Fi Protected Access 3 ou o WPA-3.

Quando surgiu por volta de 2004, o WPA-2 parecia bem seguro e incluía um requisito de que os usuários escolhessem senhas com um comprimento mínimo de oito caracteres.

Porém, com o tempo, tornou-se descoberto que a configuração pela qual um dispositivo se conecta a uma rede WPA-2 Personal (chamada de handshake de quatro vias) poderia ser capturada por um invasor usando softwares, o que foi feito e demonstrado algumas vezes por desenvolvedores e pesquisadores.

Também o ataque por força bruta e o uso de dicionários pareciam obter bastante sucesso.

O WPA-3 adiciona novos recursos para simplificar a segurança Wi-Fi, permitir autenticação mais robusta e fornecer maior força na criptografia para troca de dados confidenciais.

O WPA-3 também continuará suportando as versões comerciais Personal e Enterprise.

As versões trazem as seguintes características:

WPA3-Personal: 

Possui uma autenticação mais resiliente e elástica, basseada em senha, permitindo ainda aos usuários escolhem senhas que ficam aquém das recomendações típicas de complexidade. 

O WPA-3 substitui a chave pré-compartilhada pela Autenticação Simultânea de Iguais (SAE), um protocolo de estabelecimento de chave seguro entre dispositivos, para fornecer proteções mais fortes para os usuários contra tentativas de adivinhação de senha por terceiros.

Ele bloqueia tentativas de senha offline após uma única tentativa incorreta.

Outra falha superada foi a forma como as redes públicas não usam criptografia, o que torna o uso do wifi bastante arriscado. A resposta do WPA-3 é o Wi-Fi Certified Enhanced Open, um protocolo que usa o OWE (Opportunistic Wireless Encryption) para configurar uma conexão segura entre o ponto de acesso e o usuário usando uma chave exclusiva para esta conexão.

WPA3-Enterprise: 

A versão Enterprise oferece uma chave criptográfica de 192 bits, garantindo proteção mais eficaz para redes que transmitem dados confidenciais, como governo ou finanças.

A Wi-Fi Alliance também está introduzindo o Easy Connect, um novo programa que reduz a complexidade da integração de dispositivos Wi-Fi com pouca ou nenhuma interface de exibição e configuração, como dispositivos Internet das Coisas (Internet of Things - IoT).  O Wi-Fi Easy Connect permite que os usuários adicionem com segurança qualquer dispositivo a uma rede Wi-Fi usando outro dispositivo com uma interface mais robusta, como um smartphone, simplesmente digitalizando um código de resposta rápida (QR) do produto.

O WPA-2 ainda é o protocolo padrão para wifi, que deverá ser substituído nos novos produtos.

Leia mais abaixo:


Clique aqui para ver mais